Destaque

terça-feira, 30 de janeiro de 2018

Exposição individual de Fotografia SENTIDOS de EVA LIBERAL | 6/02 - Luanda


No dia 06 de Fevereiro de 2018 (3ª feira), às  18H30  no Camões/Centro Cultural Português  (Av. de Portugal nº 50), será inaugurada a exposição individual de fotografia da artista plástica EVA LIBERAL, que ficará patente ao público até dia 22 de Fevereiro de 2018.

SENTIDOS,  primeira exposição de EVA LIBERAL, reúne 24 trabalhos de fotografia, registadas em quatro continentes diferentes. O seu olhar artístico capta pessoas, coisas, detalhes e pequenos (grandes) momentos, do dia a dia, raros nas percepções do observador comum, mas carregados de sentido e sentidos para a artista.  “Fotografias de rua”, das muitas ruas, de muitos países, que conheceu por esse mundo fora, entre eles, Angola. Numa mistura de espontaneidade, intuição e sensibilidade, a artista capta,  registando para a posteridade, pessoas e objectos com a sua câmara digital,  regulada em controle manual.

Eva Liberal demarca-se da “fotografia de viagem”, procurando recriar a realidade, dando a conhece novos ângulos, novas perspectivas e novas percepções dessa realidade.

Neste seu ainda curto percurso artístico, Eva Liberal veio para Angola, onde reside e “está para ficar”. A força e energia que emana deste país, acrescentaram-na como artista. Aqui,  teve também o privilégio de conhecer e partilhar experiências e ensinamentos com o Mestre António Ole, que considera e venera como seu grande Mentor.

SOBRE A ARTISTA
Eva Liberal nasceu em Barcelos, no Norte de Portugal, em 1990. Muito cedo sentiu-se atraída pela fotografia pela mão do irmão mais velho, Hugo. As viagens que fez pelos quatro cantos do mundo, permitiram-lhe o contacto com realidades geográficas, sociais e culturais que a foram enriquecendo, apurando-lhe o olhar artístico.
Mestre em Ciências Farmacêuticas, exerce profissão nessa área. Frequentou o curso de Medicina e fez estágios diversificado por vários países da Europa e América.
A fotografia é a sua paixão e o seu espaço de libertação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário