Destaque

quarta-feira, 24 de janeiro de 2018

Exposição individual de Pintura ROSTOS de Célio Pombo | Luanda


No dia 1 de Fevereiro de 2018 (5ª feira), às 18H30 no Camões/Centro Cultural Português (Av. de Portugal nº 50), Luanda, será inaugurada a exposição individual de pintura ROSTOS do artista plástico CÉLIO POMBO, que ficará patente ao público até dia 22 de Fevereiro.  

SOBRE A EXPOSIÇÃO

A exposição ROSTOS marca o regresso do artista CÉLIO POMBO ao contacto com o público, 14 anos depois de ter apresentado a sua última exposição individual de pintura na Galeria Cenarius em Luanda. Essa mostra mereceu o aplauso da crítica e a forte adesão do público.

CÉLIO POMBO, fiel a si próprio, como artista, regressa com a sua pintura figurativa, que sempre foi o seu território de eleição. Primeiro no desenho, depois na pintura, CÉLIO POMBO sempre concentrou o seu talento e inspiração no rosto humano.

Como autodidacta que é, CÉLIO POMBO aprendeu com a experiência a fazer retratos, tendo evoluído no sentido de se ir demarcando dos limites que o real lhe impunha, recriando nos rostos as linhas e as cores.

Neste seu mais recente trabalho, CÉLIO POMBO apresenta uma série de Rostos de Angola e de África, que lhe serviram de fonte de inspiração. Sobretudo, mulheres. Rostos que transmitem sentimentos diversificados, como alegria, sofrimento, dor, resignação, paz, sensualidade e beleza. Em alguns deles, sobressaem os olhares, a querer saltar das órbitas. Uns, como punhais afiados, apontados para o observador. Outros, serenamente, a espraiarem-se na mansidão dos rostos e figuras, recortados em tons vibrantes, a evocarem os ocres da terra africana.  
SOBRE O ARTISTA
Nasceu em Luanda (1961), onde viveu até 1979
Estudou na Escola Industrial de Luanda nas áreas de construção civil e arquitectura.
Radicou-se em Portugal na década de oitenta do século passado, tendo aí residido durante vários anos.
Estudou Arquitectura na Escola Machado de Castro, Lisboa.
O artista Eduardo Zink, professor na Escola Secundária João Crisóstomo, Luanda, foi determinante na sua carreira.
Trabalhou na Universidade Nova de Lisboa.
Especializou-se na área de informática.
Iniciou a sua actividade na banca em Portugal e, posteriormente, em Angola, onde trabalha há 17 anos.

Exposição Individual
2004 – Galeria Cenarius, Luanda  

Exposições Colectivas
1999 – MÃE-D’ÁGUA, Lisboa
1997 – Alenquer, Portugal       

Nenhum comentário:

Postar um comentário