Destaque

terça-feira, 27 de fevereiro de 2018

Charles Darwin sem cortes


Edipro lança a maior obra da Biologia, A Origem das Espécies, traduzida a partir da primeira edição, sem alterações do autor após pressões da sociedade do século XIX

O naturalista britânico Charles Darwin produziu uma das maiores obras sobre os enigmas das ciências biológicas: A Origem das Espécies. Aclamada pelos cientistas e condenada pelos criacionistas, nunca mais uma escritura desta temática despertou tantas manifestações. O livro que apresentou a Teoria da Evolução redefiniu para sempre a ciência moderna.

Para contribuir com estudantes, professores de biologia e curiosos, a Edipro lança uma edição do livro traduzida a partir da primeira versão, de 1859. Embora o mercado editorial, tradicionalmente, opte pela sexta publicação (última revisada pelo próprio Darwin), a pioneira está livre de cortes e censuras motivadas pela comunidade científica, pela imprensa e pelo público da época.

A intenção da editora, que se especializa cada vez mais nos clássicos, é resgatar a força dos conceitos iniciais de Darwin – hoje, comprovados pela comunidade científica. E, pela primeira vez em uma edição nacional, o Galo-da-Serra-do-Pará, espécie genuinamente brasileira, foi identificado da forma correta – antes catalogado por Darwin como um exemplar das Guianas.Para deixar a obra ainda mais atrativa, a edição conta com prefácio, revisão técnica e notas de Nélio Bizzo, uma das maiores autoridades em darwinismo no Brasil. 

Como exemplo da contribuição do professor da USP, foi relatada a forma correta de classificação das formigas pretas, que, em edições póstumas foram associadas aos escravos africanos por editores colonialistas – o que acabou rendendo acusações de racismo contra o cientista. Admirador da primeira edição da obra, Bizzo – Fellow da Royal Society of Biology de Londres – apresentará palestras sobre a radicalidade das ideias de Darwin em diversos encontros científicos pelo país.

Por fim, o projeto gráfico elegante, em capa dura e estampas douradas no título, tornam esta versão digna de um colecionador, e imprescindível em qualquer biblioteca. Um grande investimento da Edipro, esta nova edição de A Origem das Espécies foi produzida em 2017 como parte das comemorações pelos 40 anos da editora e um presente especialíssimo aos seus leitores.

Ficha técnica:
Editora: Edipro
Gênero: Biologia
Preço: R$ 77,90
Tradutor: Daniel Moreira Miranda
ISBN:978-85-521-0015-7
Edição: 1ª edição, 2018
Tamanho: 16x23
Número de páginas: 480

Charles Darwin (1809-1882), naturalista britânico, concebeu uma das maiores contribuições à biologia e à ciência moderna ao formular sua Teoria da Evolução das Espécies – paradigma central dos estudos biológicos. Tendo estudado medicina, teologia, geologia e naturalismo, elaborou sua tese após cinco anos de pesquisa a bordo do navio HMS Beagle, em sua circunavegação pela América do Sul. Desde a infância tinha interesse por colecionar minerais, plantas e insetos. 

Não demorou para que Darwin se juntasse às sociedades naturalistas estudantis britânicas. Em reconhecimento às suas grandes contribuições à ciência, o naturalista batiza diversas espécies e acidentes geográficos ao redor do mundo, como os montes Darwin, nos Andes, e os tentilhões estudados por ele na ilha de Galápagos, durante a expedição do Beagle, até hoje chamados de tentilhões de Darwin. Foi uma das cinco pessoas não ligadas à família real inglesa que receberam as honras de um funeral de Estado no século XIX.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

OS NOSSOS REDATORES PERMANENTES

OS NOSSOS REDATORES PERMANENTES
clique na imagem para ver os perfis