Destaque

quinta-feira, 15 de novembro de 2018

Lançamento da 4a. edição do livro "Densidades Cíclicas" de Felipe Cattapan


Recomendado por Adriana Lisboa (escritora), Stefan Kunzmann (jornalista, redator-chefe da revista „Revue“ no Luxemburgo), Teresa Ribeiro (jornalista, escritora e doutora em Literatura Brasileira) e Ricardo Prado (escritor e regente, o livro "Densidades Cíclicas" de Felipe Cattapan, vai ter a sua 4.ª edição em lançamento no dia 21/11, na Fundação Brasilea, sita em Westquaistrasse 39, CH - 4019 Basel. O autor tem a honra e o grato prazer de convidar os nossos estimados leitores a estarem presentes no evento.

Aos que não puderem comparecer: o livro pode ser adquirido em qualquer parte do mundo via internet (https://www.helvetia-edicoes.com.br/product-page/densidades-c%C3%ADclicas).

SOBRE A OBRA
"Densidades Cíclicas" contém muitos textos inéditos e alguns premiados em vários concursos literários (incluindo primeiros lugares). No entanto, não é uma mera coletânea de poemas ou contos: trata-se de uma obra que pretende desenvolver uma linguagem extremamente pessoal num estilo que dialoga entre a poesia e a prosa. A primeira parte contém poemas, a segunda contos – porém há uma correlação entre os textos de uma parte com a outra e uma ordem minuciosamente planejada para todo o livro. Ou seja: em última análise, os textos podem ser lidos como "capítulos" de um grande romance (ou trechos de uma mesma sinfonia).
A obra busca revelar como diversos aspectos musicais podem assumir uma função literária, servindo inclusive para definir a forma de cada texto e do livro como um todo. Para tanto, se serve das mais diversas técnicas (incluindo algumas de vanguarda) – mas sempre tomando o cuidado se aproximar do leitor comum.
A nível de conteúdo, a obra nos oferece diversas variações sobre um mesmo tema: a densidade do próprio ato da leitura/escrita como uma forma de se refletir sobre as nossas questões existenciais mais essenciais (e sempre atuais).
O que foi escrito acima é descrito de uma forma mais poética e sutil no prefácio do livro (e de uma maneira mais indireta em alguns dos seus textos). Comentários sobre o livro podem ser encontrados em:  https://www.helvetia-edicoes.com.br/blog
Capa do artista plástico Beat Zoderer e apresentação de Ricardo Prado. O livro está sendo recomendado por Ricardo Prado (escritor e regente), Adriana Lisboa (escritora), Stefan Kunzmann (jornalista, redator-chefe da revista „Revue“ em Luxemburgo) e Teresa Ribeiro (jornalista, escritora e doutora em Literatura Brasileira).

SOBRE O AUTOR
Nascido no Rio de Janeiro em 1973,  Felipe Cattapan mora com a sua família em Zurique, onde é conhecido sobretudo como regente (orquestral e coral) e docente universitário. Na sua ampla atividade musical dirige diversos projetos interdisciplinares que dialogam com a literatura. Como escritor e regente recebeu o "Prêmio Excelência e Qualidade Brasil 2017 - Melhores do Ano", categoria "personalidade do ano/destaque nacional e internacional, brasileiros de sucesso no exterior/mérito social cultural" (Braslider Org., São Paulo).
Desde 2010 se dedica profissionalmente à literatura, desenvolvendo com grande intensidade e originalidade um estilo próprio. É autor de poemas, contos, crônicas e uma peça de teatro. Foi um dos vencedores do “26° Festival Poético de Cornélio Procópio”; recebeu o 1.° prêmio no “3° Concurso de Poesias Prof. Tonellotti” e no “Concurso Nacional de Crônicas Nylce Mourão Gontijo”, o certificado de "brilhante participação" no "5° Festival Santa Lúcia de Contos e Poesias", dois prêmios de participação especial no “Grande Concurso da Cidade do RJ”, os 2° e 3° lugares no "34° Concurso Internacional Literário Edições AG", o 6.° lugar no "Concurso Prêmio Cataratas", o 2.° lugar no “1.° Concurso Antares de Literatura” (categoria: poesia), menção honrosa no “2° Concurso de Poesias Prof. Tonellotti”, no “Concurso Pérolas da Literatura – Edição 2012”, no “6.° Concurso Nacional de Poesia de Colatina”, no “24.° Concurso de Poesia da ALAP” e no “10.° Concurso de Contos do Tijuco Valnice Pereira”; foi premiado no “VIII CLIPP - Concurso Literário de Presidente Prudente”, nos “Concursos de Contos e Poesias da Big Time Editora” em 2012 e 2013 (quando obteve o 1.° lugar), no “1.° Concurso Literário Cidade das Asas” (modalidade: crônica) e semifinalista no “7° Varal de Poesias Unifamma”; teve um conto incluído entre os melhores textos adultos no “8° Concurso Literário Jornalista Valacir Cremonese”; além disso, também publicou textos nas revistas literárias "Varal do Brasil", “Samizdat”, “Inteligência” e nas antologias dos "6° e 10° Prêmios Literários Valdeck Almeida de Jesus", do “2° Concurso de Poesia da Biblioteca de Condeixa” e da “Coletânea 100 Poemas 100 Poetas – 2013”.
Em outubro de 2016 o seu livro “Densidades Cíclicas” (poemas e contos) foi lançado no Brasil – e posteriormente na Europa. Desde 2017 é o livro mais vendido pela editora Helvetia.
Além de ensinar a língua portuguesa, realiza palestras sobre temas relacionados à literatura e à música e participa regularmente de eventos literários e culturais – como, por exemplo, o “1.° Encontro Intercultural” na biblioteca municipal de Biel (Suíça) em 2016, o “3.° Festival de Poesia de Lisboa” em 2018 e o "Salon International du Livre et de la Presse de Genève" em 2017 e 2018. Foi jurado no “2.° Festival de Poesia de Lisboa" em 2017.
Atualmente está planejando um livro (em alemão) sobre o músico Péter Eötvös.

FELIPE CATTAPAN

Nenhum comentário:

Postar um comentário

OS NOSSOS REDATORES PERMANENTES

OS NOSSOS REDATORES PERMANENTES
clique na imagem para ver os perfis