Destaque

sábado, 17 de novembro de 2018

Liga Europa - Portugal empata e se qualifica para a fase seguinte


Portugal enfrenta a seleção transalpina, em Milão, neste dia 17 de novembro,  enquanto o desafio frente aos polacos será disputado, em Guimarães, a 20 ddo mesmo mês.

 A Liga das Nações realiza-se da seguinte forma:

Os jogos dos grupos da UEFA Nations League serão disputados ao longo de seis jornadas, em forma de "jornadas duplas", em Setembro, Outubro e Novembro de 2018. A fase final da UEFA Nations League, para as equipas que vencerem os quatro grupos da Liga A, está agendada para Junho de 2019.

Para essa fase final da UEFA Nations League, os vencedores dos quatro grupos da Liga A da UEFA Nations League jogarão entre si em encontros a eliminar (meias-finais, jogo de atribuição do terceiro lugar e final) em Junho de 2019, de forma a consagrar o campeão da UEFA Nations League. Os embates das meias-finais serão decididas por sorteio e o local será decidido pelo Comité Executivo da UEFA em Dezembro de 2018, sendo o anfitrião escolhido de entre os quatro finalistas


Os jogos dos "play-offs" decorrerão em Março de 2020 (ver abaixo).

Irá o apuramento para o UEFA EURO sofrer alterações?

As mudanças feitas ao apuramento para o UEFA EURO tornam-no mais simples. A equação é agora simples: dez grupos, com as duas melhores equipas de cada grupo a apurarem-se automaticamente e os restantes quatro lugares a serem atribuídos aos vencedores do "play-off" da Qualificação Europeia, nos quais têm direito a participar os vencedores dos 16 grupos da UEFA Nations League.

O sorteio da fase de qualificação para o UEFA EURO 2020 será realizado após a conclusão da UEFA Nations League e colocará as quatro seleções presentes na fase final da UEFA Nations League em grupos de cinco equipas.

Mas o princípio-chave da qualificação mantém-se: uma equipa pode defrontar qualquer outra.

A Qualificação Europeia para o UEFA EURO 2020 começará em Março de 2019. Haverá duas rondas de jogos em Março, Junho, Setembro, Outubro e Novembro de 2019. Ao todo, serão constituídos seis grupos de cinco seleções e quatro grupos de seis seleções (dez grupos no total), a disputar ao longo de dez jornadas (tal como acontece atualmente). O vencedor e o segundo classificado de cada um dos dez grupos garantirão o apuramento automático para a fase final do UEFA EURO 2020 (a disputar em Junho de 2020).

As restantes quatro vagas na fase final do UEFA EURO 2020 serão atribuídas aos vencedores dos embates do "play-off" a disputar em Março de 2020:

Se algum dos vencedores dos grupos tiver garantido o apuramento através da Qualificação Europeia, então a posição no "play-off" será atribuída à seleção com melhor ranking na Liga em questão. Se numa Liga não restarem seleções ainda não apuradas suficientes, os restantes lugares passarão para seleções de outra Liga, tendo em conta o ranking geral dessa Liga.

Cada Liga terá um caminho próprio nesse "play-off", com duas meias-finais e uma final jogadas a uma só mão. O vencedor de cada um desses caminhos garante uma vaga no UEFA EURO 2020.


Para a qualificação a Portugal bastaria a conquista de um ponto, mas, obviamente, que a Itália também pensa lá chegar e não estaria pelos ajustes. Para a Itália, sublinhe-se o tudo ou nada neste jogo. E mais um dado curioso: Portugal nunca venceu em Itália até a este jogo. Seria desta que se "mataria o borrego?".  De resto, Portugal ainda tem o jogo com a Polónia na terça-feira, em Guimarães.

O JOGO ITÁLIA - PORTUGAL - Como se previa, a Itália lançou-se deliberadamente no ataque logo após o apito inicial do árbitro e Rui Patrício, em duas ocasiões, teve que se aplicar. De facto, uma Itália pressionante e com Portugal a sentir dificuldades para sair para o contra-ataque. Portugal, aos poucos, a acertar as marcações na sua zona mais recuada. Portugal esteve uns furos abaixo do que pode e sai. Neste período, Portugal viu a Itália jogar. Só que o golo não saiu, mas aqui também muito mérito de Rui Patrício em algumas intervenções com grau de dificuldades.

A SEGUNDA-PARTE - Esta etapa complementar começou como a primeira, ou seja, só dando Itália. Portugal, por seu turno, foi-se mantendo expectante em relação ao seu recuo. Mas também é verdade que, a partir dos 20 minutos, Portugal se soltou mais, daí a entrada de João Mário para o lugar de Pizzi. Estava a ser a melhor fase de Portugal. Finalmente... E com João Mário a entrar bem no jogo.

E Portugal acabou por resistir ao empate de zero-zero, resultado que lhe garantiu a qualificação para a fase final.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

OS NOSSOS REDATORES PERMANENTES

OS NOSSOS REDATORES PERMANENTES
clique na imagem para ver os perfis